1 de jul de 2013

O Todo VII


Procure relaxar... E volte sua atenção para dentro.
Quando você estiver ouvindo, apenas ouça. Nada mais do que uma receptividade passiva, uma boa acolhida, são necessárias de sua parte.
Um homem de sabedoria está sempre preocupado com o ser, e um homem de ignorância está sempre preocupado com questões de fazer, o que deve ser feito. Ser não é uma questão importante para ele.
Então perceba... Nós somos loucos por planejamento. Planejamos a vida, planejamos a morte, e por causa do planejamento a espontaneidade é destruída, o êxtase todo é destruído.

Eu ouvi...
Um ateu estava morrendo. Como ele era ateu, não acreditava no céu ou inferno, mas ainda assim achou melhor ficar bem vestido antes de morrer. Ele não sabia para onde estava indo, porque não acreditava em nada, mas ainda assim estava indo a algum lugar, então antes de ir era preciso se vestir bem.
Ele era um homem de boas maneiras, de etiqueta, então estava vestido com o traje certo para a noite, gravata, tudo mais – e então ele morreu. O rabino foi chamado para abençoa-lo. O rabino disse: “Esse homem nunca acreditou em nada, mas veja como ele planejou! Ele não acreditava, ele não tinha para onde ir, mas estava muito bem vestido”.

Perceba... Mesmo se você acha que não vai a lugar algum, você planeja, porque a mente sempre quer jogar com o futuro. É um planejamento muito feliz para o futuro, é uma vida de muita infelicidade no presente. Sempre que você tem tempo, você começa a planejar o futuro, seja neste mundo ou no outro, mas o futuro. E a mente adora planejar. O planejamento é apenas uma fantasia, um sonho, um devaneio.

Pessoas conscientes, despertas estão preocupadas com o ser, não com se tornar. Elas não estão preocupadas com fazer, não estão preocupadas com o futuro. Nenhum planejamento é necessário. A existência cuida de si mesmo.
Jesus, por exemplo, disse aos seus discípulos: “Olhem essas flores, estes lírios do campo, tão belos em sua glória que nem mesmo Salomão era tão belo”.
E por que os lírios são tão belos? Em que consiste sua beleza? Onde ela está escondida? Os lírios vivem aqui e agora. Por que o rosto humano é tão triste e feio? Porque nunca está aqui e agora, está sempre no futuro. É uma coisa fantasmagórica. Como você pode ser real se você não está aqui e agora? Você só pode ser um fantasma, ou visitando o passado ou avançando para o futuro.
Perceba... Por toda parte o ego se afirma. Ele é esperto e muito sutil. Mesmo na morte vai estar lá.
A vida toda se tornou falsa. A vida é falsa – você está sempre no passado ou no futuro, a morte a falsa, a felicidade é falsa. Mesmo a lamentação é falsa.
Sem fé, sem confiança, sem amor, sem felicidade. Se a sua vida é falsa, sua morte vai ser falsa. E não pense que você é o único falso – tudo ao redor, aqueles com quem você se relaciona são falsos. E nós vivemos num mundo muito falso, é simplesmente incrível como podemos continuar.

Ouvi contar...
Um político estava sem trabalho. E ele estava em apuros, pois eles não sabem fazer outra coisa senão política. Ele então se encontrou com o gerente de um circo porque pensou: A política é um grande circo, e eu devo ter aprendido um pouco, o suficiente para ser de alguma utilidade no circo.
Então ele disse: “Você pode me conseguir um emprego? Estou sem trabalho, e em grande dificuldade”.
O gerente disse: “Você me procurou no momento certo. Um dos ursos morreu, por isso vamos lhe dar uma fantasia de urso. Você não precisa fazer nada, apenas ficar o dia inteiro sentado na jaula com o traje de urso. Basta se sentar ali e ninguém vai notar a diferença. Você não é obrigado a fazer nada, apenas se sentar de manhã até a noite, para que as pessoas saibam que o urso está lá”.
O trabalho parecia bom, então o político aceitou. Ele entrou na jaula, colocou o seu traje e sentou-se. Ele estava ali sentado, quando quinze minutos depois, outro urso foi enfiado dentro da jaula. Ele entrou em pânico e correu para as barras de ferro da jaula, começou a sacudi-las e gritou: “Socorro, me deixem sair daqui”.
Então, de repente, ele ouviu uma voz. O outro urso estava falando. Ele disse: “Você acha que é o único político sem trabalho? Também sou um ex-ministro. Não tenha tanto medo”.

Perceba... Toda a vida se tornou falsa, com raízes e tudo, e o fato de você conseguir viver é um milagre absoluto – falando com um rosto falso, conversando com um rosto falso, com uma falsa felicidade, um sorriso falso, uma falsa miséria. E então você espera encontrar a verdade! Com rostos falsos a verdade nunca pode ser encontrada. A pessoa tem de conhecer o seu próprio rosto verdadeiro e deixar cair todas as máscaras falsas.

Um comentário:

  1. E como fazemos para reconhecer o nosso próprio rosto?

    ResponderExcluir

Sua opinião é importante para mim. Deixe sua mensagem.