16 de set de 2012

Em busca do significado IV



Hoje vamos aprofundar nossos estudos sobre meditação
O pensamento normal cria um campo energético de certo comprimento de onda no cérebro. Essas ondas são chamadas de ondas beta.
O Tradicional estado meditativo – que raríssimas pessoas conseguem experimentar “sentando em silêncio” em nossas aulas – é composto de ondas alfas.
E a meditação mais profunda – essa muito mais difícil de penetrar - também tem ondas teta.
Pesquisas realizadas nos últimos anos têm sugerido que alguns estados de consciência produzidos por técnicas de meditação parecem evocar padrões específicos de ondas cerebrais.
Esses estados estão agora sendo criados pela estimulação eletrônica e auditiva do cérebro, e podem ser aprendidos através de biofeedback.
Essa é uma questão muito complexa e você terá que entender que nenhuma técnica conduz à meditação, pois a meditação ocorre além da mente e nenhuma técnica pode ir além da mente.
Na verdade, a meditação não necessita de técnica científica ou outra qualquer. A meditação é simplesmente um entendimento. Não é uma questão de sentar em silêncio...
A mente é um mecanismo muito sutil, e você a está estudando de fora, e por isso, no máximo, consegue-se estudar o cérebro. Ao observar que quando uma pessoa está em silêncio, serena, tranquila, alguns padrões de onda sempre, inevitavelmente, aparecem no cérebro, o pensamento científico vai dizer que, se pudermos criar esses padrões de onda no cérebro através de alguma tecnologia de biofeedback, então o ser interior irá atingir o auge da consciência.
Mas essas ondas cerebrais não são a causa da meditação, pelo contrário, são o efeito.
É possível que o biofeedback lhe possibilite criar alguns padrões no cérebro e eles darão à pessoa uma sensação de paz,, silêncio, serenidade. Como a própria pessoa não sabe o que é meditação, ela pode ser levada a acreditar que aquilo é meditação, mas não é. Porque no momento em que o mecanismo de biofedback cessa, as ondas desaparecem, e o silêncio, a paz e a serenidade também desaparecem.
E você pode continuar praticando com esses instrumentos científicos durante anos; isso não vai mudar a sua individualidade. Você vai permanecer o mesmo.
A meditação transforma. Ela o conduz a níveis de consciência mais elevados e muda todo o seu estilo de vida.
A meditação é um estado do ser, atingido por meio do entendimento – ela não necessita de técnicas.
A mente é o servo; ela não pode mudar o mestre. Seja através de um mantra ou de uma máquina de biofeedback, isso só cria uma paz mental; e uma paz mental não é meditação.
Meditação é um voo além da mente. Não tem nada a ver com paz mental – essa coisa que você chama de paz mental não existe. A mente é o problema. Quando não há mente, há paz; então, como pode haver paz mental? E qualquer paz mental é apenas conversa; simplesmente significa que o ruído foi reduzido a tal ponto que você acha que é o silêncio, e você não tem nada para fazer uma comparação.
O entendimento vem quando a pessoa se torna um espelho, um espelho de tudo o que acontece na sua mente.
A condição é a de que ele deva permanecer apenas um espelho, ele não deve fazer nenhum julgamento, tomar nenhuma atitude.
Todos os dispositivos técnicos podem ser bons, podem ser úteis. Eles não vão causar nenhum dano; estarão lhe proporcionando alguma mostra de paz, de silêncio, embora muito superficial, pois ainda é algo para aqueles que nunca conheceram nada de paz. Para o sedento, até mesmo água suja é uma grande bênção.
Então você pode experimentar, mas lembre-se que isso não é meditação.
Essas máquinas podem ser úteis às pessoas. Mas elas deveriam ser informadas de que “esta é apenas uma maneira mecânica de colocar sua mente em paz, e a mente em paz não é a paz real – a paz real só existe quando a mente está ausente”; quando a mente é colocada de lado. E então a mente já não estará mais entre você e a existência, e as portas estarão abertas.
E isso não é possível de obter externamente; apenas internamente. E no seu interior você tem a inteligência e o entendimento para realizar o milagre.
A meditação é a experiência máxima de bem aventurança. Ela não pode ser produzida por drogas, não pode ser produzida por máquinas, não pode ser produzida partindo-se de fora.
Então, nesse momento, olhe pra dentro e silencie todo o seu ser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é importante para mim. Deixe sua mensagem.